Seguidores

domingo, 16 de junho de 2013

Ser feliz, é ser feliz por nada


Quando ouvimos alguém exclamar: Estou tão feliz!!!Geralmente é porque essa pessoa engatou um novo amor, conseguiu uma promoção, ganhou uma bolsa de estudos, perdeu os quilos que precisava ou algo do tipo. Há sempre um porque, um motivo, uma razão.  Eu costumo torcer para que essa felicidade dure um bom tempo, mas sei que as novidades envelhecem, e que esse não é um caminho seguro e libertador. Muito melhor é ser feliz por nada.

Feliz porque alguém o elogiou. Feliz porque você foi reconhecido pelos seus esforços. Feliz porque existe uma perspectiva de viagem daqui a alguns meses. Feliz porque você não magoou ninguém hoje. Feliz porque daqui a pouco será hora de dormir e não há lugar no mundo mais acolhedor do que sua cama. Feliz porque você resolveu tirar um tempo para si mesmo e se autoconhecer. Feliz porque você olhou para dentro e gostou do que viu , se descobriu. Se for para ser mestre em alguma coisa, então que sejamos mestres em nos libertar.

Aclamados sejam os que conseguem se deixar em paz. Os que se jogam atrás do que querem. Os que correm atrás dos seus desejos. Os que houvem seu coração. Os que enfrentam medos, barreiras físicas e psicológicas para alcançar o que realmente mora no seu coração. Os que se permitem sentir saudades. Os que tem coragem de matar a saudades. Os que deixam o orgulho de lado. Os que tentaram, e que não se culpam por terem falhado, não se torturam por terem sido contraditórios, não se punem por não terem sido perfeitos. Os que fazem o melhor que podem.

Você é o que é, um imperfeito bem-intencionado. Ser feliz de verdade, é ser feliz por nada.

(Renata Bottura)

Um comentário:

  1. sabias palavras,adorei ^^
    vou tentar colocar em pratica,ser feliz por nada!

    ResponderExcluir